quinta-feira, 27 de março de 2008

Por que carga de água a Secretaria do Ambiente e do Mar não tem sede no Pico?

Secretaria Regional do Ambiente e do Mar



Na penúltima visita do Governo Regional ao Pico, em Outubro 2007, a sra secretária do Ambiente e do Mar, Ana Paula Marques, afirmou que o processo de reclassificação das áreas protegidas dos Açores iniciar-se-ia pelo Pico, por esta ilha ser a que "mais área protegida tem" e por ter, também, "mais potencial para o turismo ecológico".
Como é sabido, esta posição não é estritamente pessoal, ou mesmo regional, mas também é corroborada pela própria UNESCO, veja-se o caso da paisagem protegida.


Ora sabemos que só um acompanhamento “in loco” será capaz de preservar e proteger convenientemente uma riqueza que, afinal, é universal.

Foi com este conhecimento que os açorianos e madeirenses lutaram por organismos próprios, mais próximos das populações, em detrimento do centralismo do Terreiro do Paço.
E prosseguindo com este raciocínio evitou-se a concentração de secretarias em S. Miguel, pois considera-se que quanto maior é a proximidade aos problemas, melhor se resolvem as situações.
Nada mais elementar.

Mas, a ser tomada esta decisão, não se correria o risco de a Secretaria ficar numa ilha isolada?
Ora, o Pico ocupa uma posição equidistante entre as ilhas do grupo central, logo, situa-se no meio e não na periferia do Arquipélago. A sua proximidade a S Jorge, Faial e até mesmo à Terceira são mais valias da sua localização
Pertencemos, também, ao grupo de ilhas mais desenvolvidas, tais como S. Miguel, Terceira e Faial, indo já longe o tempo em que não havia comunicações com o exterior.

Resumindo, reunimos todas as condições e apenas falta passar das palavras aos actos.


Claro que os adversários da descentralização, a verdadeira essência da autonomia, acenarão com o papão do bairrismo da ilha, com o propósito de impedir o desenvolvimento harmónico dos Açores e acentuar as assimetrias.

Só que, desta vez, os picoenses sabem que a Secretaria do Ambiente poderá até ficar na ponta da doca da Madalena, o mais próximo do Faial que se consegue arranjar, pois o importante é ficar na ilha.

Para dar um salto qualitativo é imprescindível que o Pico detenha um centro de decisão e se acabe, de uma vez por todas, com a exclusiva subordinação imposta a uma ilha gigante, continuamente à espera do futuro.

6 comentários:

Anónimo disse...

A Secretaria do Ambiente e do Mar ter sede no Pico?! Mas, meu caro Paulo Dionísio, tu deves estar a sonhar alto... Desde que essa bendita Ilha tem uma parte classificada pela Unesco como património da Humanidade e desde que a caridosa TAP nos "contempla" com um voo (esporádicamente dois...) por semana, ele há cada comichão!... Secretaria no Pico?! Bem podemos esperar sentados, meu amigo.

JRV disse...

Pois... Como concordará, das declarações, da racionalidade e da congruência até à decisão política efectiva vai uma grande distância.

De qualquer modo, o Pico pode e deve reclamar um maior estatuto no âmbito da distribuição dos serviços regionais. E competirá naturalmente aos picarotos a defesa cimeira de tal política.

Rui Medeiros disse...

Tudo bem, que se espere sentados, mas a fazer barulho, porque se ninguém diz nada não são os de fora que nos vêm ajudar com certeza.
A ideia não é, de todo, inconcebível.

Anónimo disse...

Pois é, Rui Medeiros. Quando falo em esperar-mos sentados (Não calados!) é no sentido de que sentados, não nos cansaremos tanto de esperar. Quanto ao barulho este deveria ser feito pelas "forças vivas" da Ilha (Se estas não se fizerem ouvir, quem o poderá fazer!?) que, para mal dos nossos pecados, parecem estar mais mortas que vivas.
Ditosa Terra que tais filhos tem...

Caguei te Mariano disse...

Bacanos... a ideia de uma plataforma no meio do canal com a secretaria no cima tambem nao eh inconcebivel... claro que nos meses de inverno tem que ser rebocada para dentro mas claro que assim ainda ficara mais proxima do Faial... Bacanos, querem proteger o que? os calhaus? ou entao o silvado? isto esta como esta por alguma razao... estao muito bem por agora... inte

Faialense disse...

Vocês Picoenses têm mais inveja dos Faialenses que eu sei lá. Vocês nem se conseguem entender entre concelhos, por isso você nunca pode dizer que o PICO está ao nível do FAIAL, TERCEIRA e S.MIGUEL porque ainda falta muito para lá chegar. Deixem os Faialenses sossegados que nada têm haver com a vossa guerra com o Governo Regional!!!