terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Tuneis há muitos, seu, seu... seu Jorge


Jorge Castanheira Barros, com 57 anos de idade e advogado quer ser o novo presidente do PSD. Em conferência de imprensa, realizada domingo numa unidade hoteleira da ilha do Pico, Jorge Castanheira afirmou que candidata-se para contribuir para a renovação do partido.


Há dois meses que está no terreno e tem sido escolhido pelos militantes do PSD em todas as localidades por onde tem passado. Ao todo já conseguiu cerca de 750 assinaturas. O objectivo, segundo o candidato, é “conseguir as 1.500 para a formalização da candidatura, e as 2000 a um mês da data das eleições que serão realizadas depois da discussão do plano e orçamento na assembleia da república”.


Sem pretensões de apresentar programa eleitoral, Jorge Castanheira Barros, defende a “existência de um estado democrático forte e com autoridade, capaz de corrigir as profundas assimetrias sociais existentes na sociedade portuguesa, e defende o capitalismo solidário no plano económico”.


A grande aposta para o candidato é o “turismo e sobretudo o de inverno, pois o país tem temperaturas propícias para isso”. Acrescentou que “o desenvolvimento turístico é conciliável com o desenvolvimento industrial desde que não se assente em políticas poluentes, defende a libertação das energias fosseis e a aposta na economia do hidrogénio e nas energias renováveis”.


Pronunciando-se sobre a regionalização, entende que “enquanto as regiões administrativas estiverem consagradas na constituição como autarquias, apenas faz sentido a divisão administrativa do território”. Propôs assim um referendo. “Se ganhar o sim, ponham-se em acção as regiões administrativas, se vencer o não, que haja coragem para revogar a norma que consagra as regiões administrativas em sede de revisão constitucional” referiu.


A terminar sonhou com um “túnel marítimo que pudesse ligar o Faial ao Pico, bem como as restantes ilhas açorianas”.

Notícia retirada daqui

2 comentários:

geocrusoe disse...

Tadinho do rapaz, o conversa do tunel mostra o conhecimento que ele tem da realidade...

Anónimo disse...

O homem foi cauteloso, ele disse que queria construir os túneis, se tecnicamente fosse possível, por isso já sabem que ele não irá construir nada, é só conversa e também não acredito que ele chegue a lado nenhum com conversas destas, pois o povo já não está farto de conversa fiada.