sábado, 16 de janeiro de 2010

Venha todas semanas ao Triângulo, Sr Ministro

AEROPORTO DO PICO ALTERNATIVA AO DA HORTA
As condições climatéricas (nevoeiro, chuva intensa e vento) obrigaram no passado dia 8 a que o voo da TAP com destino à Horta fosse desviado para o Pico.

A ligação onde seguia o Ministro da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior, Mariano Gago, aterrou no Pico pouco depois das 13h00.

A utilização do aeroporto do Pico como alternativa ao da Horta impediu que os passageiros regressassem a Lisboa para só chegarem aos Açores no final do mesmo dia ou, o mais provável, no dia seguinte.

Após a aterragem no Pico os passageiros seguiram, por via marítima, para a Horta, com a transportadora a assumir todos os encargos.
Notícia de Ilha Maior de 15 de Janeiro de 2009

6 comentários:

Tiago R. disse...

E não se percebe porque é que isto não acontece mais vezes.
Os aeroportos do Faial e do Pico gozam de uma proximidade única na Região. Cehga de rivalidades! Só com a sua complementaridade é que se justificam os investimentos que foram feitos num e noutro. E isso é bom para ambas as ilhas.

artur xavier disse...

Não são as rivalidades que impedem os aviões de ir, mais vezes, aonde quer que seja. São as políticas! A complementaridade não poderá ser, apenas, esporádica. O canal continua a ter dois sentidos e custa muito a perceber o porquê de uns, serem mais que os outros. O que é bom para ambas as Ilhas, passaria a ser óptimo.
"O verdadeiro valor das coisas é o esforço e o problema de as adquirir".

Anónimo disse...

"A utilização do aeroporto do Pico como alternativa ao da Horta impediu que os passageiros regressassem a Lisboa para só chegarem aos Açores no final do mesmo dia ou, o mais provável, no dia seguinte."
Por muito que me esforçe não consigo perceber o que está aqui escrito!
Se regressaram a Lisboa, como é que chegaram aos Açores??

Paulo Pereira disse...

Na verdade, a notícia do Ilha Maior poderia ser mais clara. Contudo, transcrevi-a por achar que tinha informação pertinente.
Para quem não está dentro destas polémicas, acrescentaria que se a TAP não tivesse utilizado o aeroporto do Pico como alternativa, os senhores passageiros perderiam muitas horas do seu tempo, a TAP teria de fazer mais uma viagem (pelo mesmo preço) e, para isso, teria de atrasar outras operações.
Enfim, todos perderiam. Ou não?

artur xavier disse...

Repara, Paulo Dionisio. Eu estive vai não vai, para escrever um comentário semelhante ao teu. Sabes, amigo, há pessoas que são eximias na arte de "desconversar"... e, então, veio-me à memória o humorista Badaró e uma das suas personagens: O Chinezinho limpópó!
Um abraço.

Jose Augusto Soares disse...

"Não há pior cego..."

Escuso de completar.